terça-feira, maio 02, 2006

SE QUERES CONVERSAR NÃO VÁS AO CINEMA

Duas das coisas que mais gosto de fazer nos meus tempos livres são ler e ír ao cinema.
Confesso que ultimamente, não tenho feito muito nem uma nem outra coisa, mas simplesmente por falta de tempo! Às vezes precisava que o dia tivesse, pelo menos, mais umas seis horitas...

E porque me lembrei hoje disto? Porque andava eu na minha cusquice e eis que me deparo com uma Dúvida Existencial e com a qual não poderia estar mais de acordo.
Normalmente vou ao cinema sózinha. Melhor, a maior parte das vezes vou ao cinema sózinha. E desenganem-se aqueles que pensam que o faço por não ter companhia, faço-o porque gosto! Já ouvi muita boa gente dizer que era incapaz de ír ao cinema sózinha, que assim não tem piada, mas se pensarmos bem pra se ver um filme não é preciso levar companhia. Aliás, é esta a melhor forma pra se ver o filme que se quer e quando se quer. E, embora já tenha reparado que há cada vez mais pessoas a fazer o mesmo, ainda somos como que vistos de lado quando dizemos que o fazemos.

Convidar uns amigos pra ver um filme connosco, não é assim tão má ideia, se a ideia fôr ver o filme! Sempre podemos encontrar-nos um bocado antes e pôr a conversa em dia, ou ficarmos um bocado depois do filme e trocar ideias, dar opiniões.
Mas de facto, se a ideia é conversar, o cinema será sem dúvida o local menos apropriado. Apesar disso, há quem o faça! E estes é que eu não entendo... Não entendo e não suporto! Há lá coisa pior que ter conversa de fundo a acompanhar um filme, por pior que seja?!?!? Conversa de fundo que aliás não interessa a mais ninguém a não ser aos seus intervenientes. E se assim é, porque é que estes se deram ao trabalho de se fecharem numa sala com não sei quantos desconhecidos, tendo pra isso pago um bilhete se o objectivo era CONVERSAR?!?!?!?!

Bem, pior do que isto, talvez o facto de as salas de cinema terem passado a ser também locais de comes e bebes... mas isso daria pano para outro post!

8 comentários:

Pluma(princesavirtual) disse...

Agreed with you :D... essa coisa de se comer no cinema...confesso que é irritante numa cena amorosa ou melodramártica ouvirmos como fundo crunch!crunch!CRUNCH! ;) beijossss

Lurdes disse...

Tempos modernos, Princesa, tempos modernos...

Alice disse...

Cinema... já nem me lembro qual foi o último filme que fui ver... e que tal meninas se combinarmos ir ver o CÓDIGO DA VINCI???
Bjs

Lurdes disse...

O Código Da Vinci já estreou?????
É boa ideia Alice! Organiza, vá...

B. disse...

Embora partilhe da tua opinião, acho que há uma coisa pior do que ter conversa de fundo a acompanhar um filme: telemóveis a tocar e pessoas, descaradamente, a atenderem-nos uma, duas, três e mais vezes... Isso sim, é irritante e revelador duma grande falta de civismo e respeito pelos outros. Infelizmente, já assisti a essa cena triste, e nem com pedidos encarecidos para ir falar para fora da sala, a pessoa se dignou a tal...


É verdade, por falar em comes e bebes, onde estão os cinemas tradicionais? Felizmente, aqui por Lx ainda consigo encontrar alguns, mas também são a excepção. Mas e no Porto???? Sim, que isto de filmes sem sorvidelas nem mastigadelas de pipocas começa a ser um oásis difícil de encontrar.

Beijos e até à minha próxima incursão pelo teu blog

Lurdes disse...

Obrigada pela tua visita B!
Os telemóveis... isso daria outro post...
Aqui no Porto, não sei se o Cinema Passos Manuel, por exemplo, não será ainda um desses oásis (deixei de frequentar quando fechou e depois de reabrir ainda não voltei lá... apesar de todos as desvantagens evidentes devo confessar que aderi à massificação...).
Volta sempre! Beijos

Dina C disse...

Ao lêr este post lembrei-me desta piada.

Chato é quando voçê está com tosse e em vez de ir ao médico vai ao teatro!

Lurdes disse...

Chato mesmo, Dina!!! Beijinhos