sexta-feira, fevereiro 02, 2007

A DAY TO FORGET

I had thought it was going to be a perfect day. How wrong I was.
It was Spring and the weather was great, sunny and fresh at the same time, just as the moment required.
I talked to him the previous night. He was nervous; I noticed that by his voice. He rang me just to chat. She was the issue and at a given moment I thought to myself: "man, you're truly in love!". At the end he felt better and so did I and I fell asleep with a smile on my face.
As the time was approaching I was feeling a little nervous too. Is not everyday that your best friend is getting married!
When I arrived he was already there and to my amazement, he was very calm. I gave him a big hug and wished him luck to which he answered with a glee: "I can't be luckier, I've found her!".
The church was full of family and friends, white flowers all over the place and lovely music was playing. Everything was simply perfect!
The bells rang just as the same time as she arrived. We all stood up and looked towards the entrance. She was more beautiful than ever in her splendid white dress. However, she didn't seem very happy to me; in fact, I thought she was a little sad. But maybe it was because of her absent father.
Despite that, she walked down the aisle accompanied by her niece and her nephew, who looked like angels, to join her future husband at the altar. She was almost there when she stopped. Peter gave a step forward. He saw her crying. We all saw it. They looked at each other deeply and he gave her an inquisitive smile. Nobody was able to understand what was going on until the moment she told him loud and clear: "I'm sorry but I can't do it" and started to run away. He followed her crying her name despairingly. Immediately, I went outside and saw her leaving him behind. He was the image of a broken heart...

História escrita para o meu curso de Inglês, a qual deveria ter 300 a 350 palavras e começar ou terminar com: I had thought it was going to be a perfect day. How wrong I was.
Apesar da minha escrita estar um pouco enferrujada, o prof. achou que não me saí nada mal. Haja imaginação!!! Não sei é se ele não irá ter pesadelos... tem casamento marcado para depois da Páscoa!

As minhas desculpas para os que não percebem Inglês, mas hoje apeteceu-me...

14 comentários:

Carracinha linda! disse...

Muito bem!!!!!

Além de uma história comovente, o inglês está perfeito! Nota máxima!

Bom fim-de-semana!

Naeno disse...

Não entendi a tua monografia, até porque não ligo muito para o inglês, mas o português me interessa muito, e a tradução, o comentário que fizestes já me deram uma noção de que por aí rolam coisas bonitas.

Adorei,

Um beijo de puxar a pele

Naeno

Anónimo disse...

parabéns pelo inglês e pela historia também...bom fim de semana sofia

Gioconda disse...

O amor falou mais alto... não era ele "o tal"....

Beijinhos grandes e bom fim de semana

Ice disse...

Sim senhor, estamos a ficar uma barra a inglês e escusado será dizer que eu não gostaria de estar na pele do noivo...ser abandonado no altar, não me parece uma boa ideia...

Bom fim de semana

laida disse...

Por acaso não escreveste esta história
propositadamente, pois não????
Para assustar o professor he he he.
A historia está boa, o inglês não sei se está perfeito, perçebo, mas não sou expert!!!
BEIJOS

Dina C disse...

É a história perfeita para o título,não hája duvida.
Acho que é o medo de qualquer noiva ou noivo, que o outro se arrependa no dia do casamento.
Eu pessoalmente, confesso que fiquei mais aliviada quando soube que ele já tinha chegado à igreja. Hahaha
Beijinhos

carla m. disse...

O ideal seria teres traduzido, ora.
Eu confesso,que como ando, nem tentei ver se percebia. Mas, como o meu ingles ja ta enferrujado, duvido que percebesse.
Beijos grandes

o alquimista disse...

E a lenda acontece. Em cada noite na Baía do Silêncio queda-se o céu na noite sombria, solta-se o sonho a fantasia...
Luminoso domingo...

Doce e terno beijo

Fernanda disse...

Sinceramente não sei muito inglês ....mas parece-me que o Amor venceu...

Bjs

Sofia disse...

Posso comentar em Inglês? ;)
Até fiquei assustada, de repente. Mas ainda bem que é uma história fictícia! :)
Gostei, sim senhora. O desfecho foi imprevisível, acredita!
:)
Um beijinho grande*

eumesma disse...

Gostei, acho que o inglês está mto perfeito, e felizmente para uns e infelizmente para outros nem sempre as historias de amor acabam da melhor maneira...

It's life...:-)

Bjs

Lurdes disse...

Ainda bem que gostaram da minha história! E não Laida, não foi de propósito!
Um dia destes pode ser que faça a tradução, Carla!
Não Fernanda, neste caso não havia amor para vencer...
Ainda bem que ele apareceu Dina! Fizeram uma linda família!!!
Eumesma, não chegamos ao altar mas eu ive uma história parecida... infelizmente!

Beijinhos a todos

Lurdes disse...

Naeno, já tentei aceder várias vezes ao teu profile mas sem sucesso... dá sempre um erro! Aparece sempre que quiseres.

Beijinhos