quarta-feira, novembro 15, 2006

MOMENTO DE PURA POESIA

Quer seja curto ou comprido
Quer seja fino ou mais grosso
É um órgão muito querido
Por não ter espinhas nem osso
De incalculável valor
Ninguém tem um a mais
E desempenha no amor
Um dos papéis principais
Quando uma dama aparece
Ei-lo a pular com fervor
Se é de um rapaz, estremece
O de um velho, tem pouco vigor
O seu nome não é tão feio
Pois tem sete letrinhas só
Tem um R e um A no meio
Começa em C e acaba em O
Nunca se encontra sózinho
Vive sempre acompanhado
Por dois órgãozinhos
Junto de si, lado a lado
O nome destes porém
não gera quaisquer confusões
Tem sete letrinhas também
Tem L e acaba em ÕES
Vou acabar com o embalo
E com as más impressões
Os órgãos de que eu falo
São o Coração e os Pulmões!
Pensaram o quê, heim?!??!
Adenda: a primeira vez que ouvi este poema foi no meu emprego de verão, no tempo da faculdade (pelo Sr. Pereira ou pela Esmeralda). Desta vez quem mo enviou foi o Sr. Abílio.

12 comentários:

Gioconda disse...

Ola, obrigada por teres passado no meu cantinho e me teres deixado os parabens, foi uma agradavel surpresa... vou voltar com mais calma que hoje estou desesperada a tentar agradecer a toda a gente.

PAULO SANTOS disse...

muito...engraçado!!!!
Vim retribuir o transmontano beijo que largaste no interior!!!
Linda!

Um beijo para ti!

Paulo

laida disse...

ai,ai,ai...o que eu estava a pensar, marota, mas està muito bêm pensado
este poêma.
um beijo

carla m. disse...

Eu...eu...eu...pensei noutra coisa!!!
Caramba sou mesmo preversa!
Lol.
Bjokas grandes

Dina C disse...

Lurdes, you are a naughty girl!
Bjokas

Ice disse...

Velhinho poema, mas muito bem feito.

Bjs,

florinda disse...

A Esmeralda diz que foi o Sr. Pereira, estão aqui a empurrar um para o outro.
Também conheço e não sei qual dos dois foi.
Ressuscitei, estou viva
Tenha um BOM DIA.
Beijinhos

Lurdes disse...

Ainda bem que gostaste Gioconda! Adoro fazer surpresas...

Olá Paulo, retribuição feita! Obrigada.

Ai menina Laida, essa cabecinha... o que terá passado por aí...

Olha outra! Então Carla pensasre que era o quê sua maroteca?!?!? Isto é um blog de respeito!!!

Naughty, who? Me?!??!? No, Dina, not at all!

Também já conhecias sua maroteca... pois com tanto homem por aí como não haverias tu de saber, né Ice?!?!?

Olha quem voltou!!! Fico tão feliz! O trabalhinho já está mais aliviado?!?!
Já estou a imaginar esse dois a "culparem-se" mutuamente... mas um dos dois foi!

Beijinhos a todos

freirinha diabolica disse...

Sei k gosta e aprexia o humor dexe grande senhor k é o Bruno Nogueira, por ixo kuando kiser e puder visite:

http://brunonogueira.blogspot.com/

CarpeDiemBeHappy disse...

Sua malandra!!...

Muito engraçado..gostei!!

Beijinhos

RB disse...

Eu pensei logo noutra coisa... confesso. E podia ser não podia? Então pronto...(devem ter razão quando me dizem:"Vê-se logo que és alentejana, estás sempre a pensar na...bolota"):-))
Muito engraçado esse poema.
Continuação de boa disposição e boa semana
Beijinhos
RB

Lurdes disse...

Com que então Alentejana, RB?!?!!!
Eu sou Transmontana mas do que conheço, amo o Alentejo!!!!
Beijinhos