sexta-feira, outubro 01, 2010

DICAS

Acabei de ler e não resisti a colocar aqui:

 - Se não encontrares a tua metade da laranja, não desanimes, procura a metade do limão, põe-lhe açúcar, aguardente e gelo e sê feliz.

8 comentários:

Roadrunner disse...

Se lhe trocares a aguardente por rum (que no fundo não é mais do que aguardente) e lhe adicionares hortelã e trocares o açucar branco pelo amarelo, então tens um mojito!

Saudações do Roadrunner!

West Bridge, Lisbon disse...

Encontrar metades simétricas de si, encontrar suas metades sem aditivos só mesmo em poesia.

Acredito que a metade da laranja não exista de maneira real e lógica. É surreal acreditar que existe. Algumas com o tempo azedam, outras ficam doces, umas alteram o tamanho e já não encaixa e outras a cor esbate-se e nem mesmo com o pó da milagrosa caixinha de cores lá vão.

A graça da metade está na diferença. O encanto são as diferenças e muito também as semelhanças, pontos de vista versões e sabores diferentes. Eu não sei se eu sou metade de laranja ou de limão, mas o importante é manter a essência da fruta e misturar o sabor e a delícia de ser a fruta que se é...

Liberte-se neste abraço...

MEL CHOCOLATINHO disse...

Adorei! e é um bom conselho para usar nesta vida!

Sofia C. disse...

Vai aparecer quando menos esperares (sou exemplo vivo disso), mas até chegar a minha metade da laranja, bebi muitas receitas dessas, lol

Lurdes disse...

Road e licor beirão em vez de aguardente e lima em vez de limão?! Nham nham...

"...mas o importante é manter a essência da fruta e misturar o sabor e a delícia de ser a fruta que se é..." isto é ou não poesia, West?!

Não é, Mel?!

Sofia, deixaste-me um sorriso na cara :))

Beijinhhos

Dina disse...

Parece-me que a receita do limão ainda é melhor que já a tão conhecida e monótona laranja.
Soa-me a arrojo, bravura, entusiasmo, audácia ( a aguardente)e ao mesmo tempo delicioso adorável encantador, gentil (o açucar).

Han e que tal!... nada como sair da banalidade!!!

:)
bjs

Dina disse...

Epá... que me esqueci do gelo, um ingrediente tbém com a sua importância : fresco, jovem, vigor, atrevimento

Lurdes disse...

Ó Dina, depois de ler isto até dá vontade de beber :)))

Beijinhos