quinta-feira, maio 21, 2009

VAI POR AQUI UMA BARRACADA

... que só visto!!!

O Sr. de Matosinhos já começou (parece que o fogo é dia 31 e o feriado a 2 de Junho). Mas eu ainda nem fui às farturas nem aos matrecos.
Parece que o Sr. Presidente da Câmara percebeu que o ano passado a coisa não correu lá muito bem e este ano as 'barracas' que ficaram ao lado da linha do metro o ano passado, foram transferidas para as traseiras da Igreja Matriz. Não sei é se foi uma boa troca... há dias passei por lá e imediatamente coloquei um post-it cerebral: NÃO PASSAR MAIS POR AQUI ENQUANTO O SR. DE MATOSINHOS NÃO ACABAR.

A Festa do Mar também já se apronta. As 'barracas' já estão em construção, o que também já se reflecte no trânsito.
E como se não bastasse o cheirinho do peixinho a assar na brasa ao passar ali mais ao lado, agora há um novo restaurante mesmo aqui à minha porta, e que por sinal não vai ter 'barraca' mas também, espaço pra isso não havia. Só se cortassem a rua aos carros, o que também era capaz de ser interessante, mas duvido que a polícia gostasse... depois onde ía passar multas?!?!

E já agora, sabem porque Matosinhos tem este nome?
Aliás, como antigamente se escrevia era MatoZinhos mas a menos que precise de tirar o mini-cartão-cinco-em-um, acho que vai ficar pra sempre a ser escrito com S.
R:. Por causa de existirem muitos matos pequeninos. Mato+zinho(s)

E como ontem tive uma lição grátis de história/geografia à hora do almoço, deixo ficar mais uma curiosidade:
- a praia, antigamente, vinha até à Rua Brito Capelo. Ou seja, o Homem tem-se fartado de roubar o que não é dele. Nem quero imaginar se um dia o mar se zanga...

9 comentários:

laida disse...

Tás como queres!!
São as barracas das farturas,
são as barracas do peixinho assado
é o restaurante á porta de casa...
Fominha não passas!!! lol
Não te esqueças de comer uma fartura por mim!!
Beijinhos

Lurdes disse...

Não Laida, o restaurante é mesmo aqui à porta do escritório!
Olha, e se eu comesse uma por ti, outra pelo Carlos, outra pela Catarina e outra pelo Samuel? Pode ser?! ;)

Beijinhos

Marisa disse...

Uiiii do que me lembras-te.
Gosto tanto de ir ao Padre Grilo.
Eh lah... ir ao Padre Grilo salve seja LOLOL

Sekh disse...

É tão linda a nossa cidade, nao é?


:D

bjo

Anónimo disse...

Matosinhos é uma nação.
O que eu mais gosto nesta altura é de doce da teixeira,umas farturinhas que são de comer e chorar por mais, ainda por cima pedimos seis e deram-nos dez. O Sr. de Matosinhos faz milagres (com todo o respeito) e a igreja costuma estar muito bonita com os altares cheios de arranjos de flores, com conjugação de cores.
Mas para trabalhar na cidade é muito complicado o trânsito.
Nada como trabalhar fora, digo no campo, até me apetece chorar.
Divirta-se
Flor

Anónimo disse...

Matosinhos é uma nação.
O que eu mais gosto nesta altura é de doce da teixeira,umas farturinhas que são de comer e chorar por mais, ainda por cima pedimos seis e deram-nos dez. O Sr. de Matosinhos faz milagres (com todo o respeito) e a igreja costuma estar muito bonita com os altares cheios de arranjos de flores, com conjugação de cores.
Mas para trabalhar na cidade é muito complicado o trânsito.
Nada como trabalhar fora, digo no campo, até me apetece chorar.
Divirta-se
Flor

Anónimo disse...

O comentário em duplicado foi devido ao adiantado da hora.
Boa semana
Flor

Carracinha Linda! disse...

E por acaso não dá para mandares umas farturas para a malta aqui debaixo?

Ai ai... até já me cresce água na boca!

:D

Beijocas

Lurdes disse...

Tu és demais, Marisa! O que te foste lembrar... tadinho do padre... ;)

Sekh, não é minha, mas sim, tem o seu encanto.

Vá, Flor, nem tudo é mau no campo... sempre pode observar as vaquinhas nos verdes pastos! ;)
Confesso que este ano, já passou o dia e tudo, e eu ainda não pus sequer um pesinho no Sr. de Matosinhos.
Cá pra mim o duplicado foi do doce da Teixiera...

Ainda nem as provei este ano, Carracinha! Uma vergonha, eu sei!!!

Beijinhos