quinta-feira, maio 07, 2009

AS BOLAS DA MINHA AMIGA ESMERALDA

Já lhe conhecia alguns dotes, mas confesso que este me era desconhecido. E não é que a rapariga tem um jeito do caraças!!!! Estavam deliciosas, digo-vos eu!



Esmeralda, para umas bolas, tenho sempre disposição!
E já que hoje me chamaste perturbada, partilho a mensagem com todos.

A mensagem de hoje é:
A vida é curta, quebra as regras, perdoa rapidamente, beija demoradamente, ama verdadeiramente, ri-te incontrolavelmente e nunca deixes de sorrir, por mais estranho que seja o motivo. A vida pode não ser a festa que esperávamos, mas enquanto estamos aqui, deveríamos dançar.
E comer bolas de berlim, digo eu!

10 comentários:

Gaybriel & Peter disse...

Olá, tanto tempo depois.... :-)
Um ano após escrever o último artigo como Gaybriel em “No silêncio dos meus sentidos”, regresso, agora acompanhado ao “No silêncio dos meus sentidos... A dois! ”.
Naveguei durante anos à deriva, percorri quilómetros em busca de um sonho que sempre julguei difícil de alcançar, no entanto… hoje sou o homem mais feliz do mundo, pois encontrei o amor e a minha estabilidade emocional ao lado do Peter.
O Peter, que em parceria comigo, decidimos a partir de hoje partilhar com todos os que tencionam passar lá , os nossos sentimentos, os nossos sonhos, as nossas memórias do passado, os nossos desejos para o futuro e até as nossas opiniões de uma forma geral.
“No silêncio dos meus sentidos...A dois",nós os dois e o mundo.

Gaybriel & Peter

laida disse...

Ai se eu não comia uma agora!!
Quanto á mensagem estou 100 por cento de acordo.
"A vida pode não ser uma festa,
mas já que estamos aqui
bora lá dançar!
beijinhos

Marisa disse...

Ai... isto é um atentado aos presuntos.... tb querooooooooooooooooo

Artequianos disse...

Sim, é verdade, estou aqui a publicitar a nossa peça intitulada: NU.

6as e sábados às 22h no Bar Novo da Faculdade de Letras de Lisboa. Reservas: 221 799 0530.

Porque gostamos de letras e de nos descobrirmos!

Saudações Teatrais! =D

Pluma(PrincesaVirtual) disse...

aiiii que isto engorda só de olhar... Nham Nhamm...tenho que ir ver se encontro bolas de berlim amanhã :D

Beijosss Lurditas

Anónimo disse...

Reforço a ideia, estas bolas são muito boas, já me tenho deliciado a comê-las. Mas não são só bolas, tenho tido uns lanchinhos,com que a nossa amiga nos presenteia, bem docinhos.
Aqui no campo, a melhor coisa são os lanches da Esmeralda e o médico da empresa.
Bjs.
Flor

Gio disse...

E eu que nem sólidos posso comer.... mas que arriscava a uma dentadinha isso arriscava...

Amiga, até daqui a uns dias.... dedique eta tarde para visitar as desaparecidas da minha vida.... ;)

Esmeralda disse...

Oh Lurdes, mas que grata surpresa!
pensei que ja não farias referência a isto...até me sinto envergonhada...é assim: dizes que as bolas eram boas, mas a fotografa também não ficou atrás...será que as beneficiou?
beijinho e até....
um lanche com mais....bolas, bolas, bolas...

Dina C disse...

Hum...E não sobrou nehuma?...

Lurdes disse...

Olá Gaybriel! Fico feliz por saber que a vida te sorri.

Dançar e comer bolas de berlim, Laida. Não esquecer!!!!!

Ahahhahahah!!!! Isto chama-se tortura, Marisa! ;)

Espero que tenha corrido/esteja a correr muito bem, Artequianos.

És uma gulosa, Princesa!!! Não podes ver gateaux nenhum...

Então sabe do que falo, Esmeralda!!! Amei as bolas da nossa amiga! Será que as do médico da empresa tb serão deliciosas?!??!?!

Olá Gio!!!!! Essa coisa das privatizações... mas tinha saudades tuas! Ainda bem que te lembras das desaparecidas! ;)

Pensavas que me tinha esquecido não era Esmeralda?!?!? Mas eu gostei tanto que tinha mesmo que fazer esta homenagem a este teu dote que eu não conhecia.

Achas, Dina?!?! Entre mim e a Alice, não ficou nadinha!!!!!

Beijinhos