sexta-feira, outubro 02, 2009

PORQUE A VIDA NÃO É SÓ ARRAIOLOS

É que também há o ponto de cruz!!! ;)

A fraldinha do Gonçalo:


O babete do Francisco:


E a propósito desta minhas andanças no mundo dos lavores, recebi há dias o seguinte e-mail de uma amiga:
Não te consigo imaginar a fazer estas coisas! Porque será?
Imagino-te a ler, a escrever, no pc, a andar de bicicleta, nas caminhadas, até te consigo ver na cozinha a fazer uma bela refeição ou um bolo bom e bonito! Mas sentadinha de agulha na mão não consigo.

Pois é, por incrível que pareça fazer estas coisas dá-me gozo, de outra forma não as faria. E é sentadinha de agulha na mão que muitas vezes me abstraio de tudo o que me preocupa e me rodeia. E isso faz-me bem!

6 comentários:

Sílvia disse...

Muitos parabens pelos bordados, a ovelha está um espectáculo. Quanto ao comentário que te fizeram.....um almocinho bom...vá lá, agora bolos....faz-me lembrar um certo dia....
Um beijo e um bom fim de semana.

laida disse...

Eu sou da mesma opinião da pessoa que te mandou esse E-mail.
Tambem não consigo imaginar-te sentadinha (nessa cadeirinha gira
que os meus filhos adoraram)
de agulha na mão, e se calhar de oculos na ponta do nariz...

Olha para nos calares um dia destes pões aqui uma foto desse momento de laboro!OK?

Beijinhos
e bom fim de semana...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Lurdecas

Bonitas coisas. Especialmente o babete do Francisco - cujo modelo posso copiar e... muito bem usar. À mesa, é claro cumo binho tinto. Os gordos militantes têm uma tendência para as nódoas dianteiras que nem te conto.

Já as fraldas ovelhadas há muitíssimo tempo que não as uso. Nem sequer os meus netos, que já estão crescidinhos, entre os quase 16 e os nove...

Mas, arte é arte, agulhas são agulhas e pontos são pontos, lá dizia o La Palice (e se não dizia, devia dizer). Por isso, os meus parabéns de leigo nos bordados...

Quando voltas pela Travessa? Tenho saudades tuas. Olha, vai lá, porque te lancei um desafio que espero aceites...

Qjs

Pluma(PrincesaVirtual) disse...

opáaa eu tb sei fazer coisas dessas...e acho que também poucas pessoas me imaginam assim sentadinha a bordar como uma princesinha bem comportadinha :D

Beijinhosss

Dina disse...

Ora vez! não sou só eu a pensar assim e juro que eu a Laida não tivemos conversa nenhuma sobre isto!!! mas tens muito jeitinho sim senhora.

PS: Até porque uma mulher é mais mulher se souber fazer um pouquinho de tudo!

Bjs

Lurdes disse...

Sílvia, foi de rir, não foi?!?!? (continuo a achar que o problema era do forno).
Mas olha que a minha amiga Dina já me ensinou a fazer um que sai bem bom!!! Acho que o vou fazer este fim-de-semana!

Laida, todos os miúdos que vão lá a casa adoram a cadeira de baloiço! Mas não é lá que faço estas coisas. Bordar e balançar não dá jeito nenhum! Mas olha, ainda não uso óculos na ponta do nariz! Por enquanto...
E vou pensar nessa ideia da foto.

Henrique, o seu comentário fez-me mudar o artigo relativo à palavra babete. Sempre a uso como sendo feminina mas o que é facto é que o dicionário diz mesmo que é masculina...
E obrigada pelos parabéns! Quanto à Travessa, já fui lá espreitar. Prometo que darei continuidade à corrente.

A sério, Princesa?!?!? De facto não te imagino, não...

Tou a ver que sim, Dina! E com essa so mulher ser mais mulher, até fiquei inchada... ;)

Beijinhos a todos