terça-feira, setembro 29, 2009

TOU FARTA

Tou farta de ter a rua cortada à minha porta, tou farta de deixar o carro estacionado debaixo das cagadeiras ambulantes (vulgarmente chamadas de gaivotas), tou farta de pessoas que têm a mania que são mais que os outros, tou farta da hipocrisia do mundo em que vivo, tou farta desta moda dos restaurantes terem um (ou mais) assadores na rua, tou farta de pessoas mal-educadas, tou farta desta forma tão tipicamente nossa do cada um faz o que quer e lhe apetece, tou farta de estar sem computador em casa, tou farta de ser sempre a bem comportada, tou farta de me olhar ao espelho e não gostar do que vejo, tou farta de me deitar tarde, tou farta que me passem sempre a batata quente, tou farta de ter as costas largas, tou farta de falar para o boneco, tou farta da indiferença, tou farta de xicos espertos, tou farta de andar irritada e chateada e impossível de aturar.

7 comentários:

lebasi disse...

Alô ??? Credo em cruz, tanta revolta. Assim e pensa bem, vais fazer enriquecer ainda mais os que tem muito. Os médicos, as farmacias, etc, etc.
No fim apenas ficas enriquecida com alguns cabelitos brancos.
Vá lá porta-te bem.
Beijinho

Anónimo disse...

Xiii... creio que isso se chama de TPM ... :)


AB

Anónimo disse...

Ora, soluções:
Mudar de escritório, assim as
gaivotas e os restaurantes com os assadores não voltam a incomodar.
Quanto às pessoas, não vejo solução.
Provavelmente está a dar importância demais ao que não tem importância.
Pense que a saúde é o bem mais precioso.
Vem aí um fim de semana prolongado, feche a porta ao que a irrita...
Flor
Bjs

Anónimo disse...

Pára...
respira fundo...
conta até 100... e
amanhã o "Tou Farta" já era!

Até porque o teu sorriso é bonito demais.

Bjs
hh

Dina disse...

Ai, ai, ai!...
Precisas de respirar fundo...

São aquelas fazes, em que tudo nos acontece ao mesmo tempo, mas já, já isso passa.

Bjinhos e um xi-coração apertado

Carracinha Linda! disse...

Então Lurdes... que stress é este? Costumas sempre ser tão serena...

Bom, fases como esta, em que estamos fartos de tudo e de todos, todos nós temos. Mas há que saber não importância ao que realmente não importa, para não nos esgotarmos. Olha que eu também me stresso com muita com coisa, mas já aprendi que não vale de nada ser assim. Por isso, lá me tenho tentado corrigir...

E para te animar, ou para te deixar pior ainda (espero que não), tens um desafio no meu blog! :D

Beijocas e bom fim-de-semana!

Lurdes disse...

Lebasi, não é revolta. É cansaço, puro cansaço!
E nem me fales em cabelitos brancos, tá?!
(O que me apetecia mesmo era portar-me mal, muito mal!)

Como já te disse, sabia que alguém ía dizer isso! Não esta era à espera que fosses tu, AB.

Flor, gostei de ver a forma como encara as coisas, tentando encontrar soluções. Mas nada é assim tão simples, pois não?!
Mas segui o seu conselho: aproveitei o fim-de-semana large! ;)

Pronto, HH, cresci 2 cm com essa do sorriso. Obrigada!!! (disseste bem, contar até 100 já que 10 é muito pouco)

Como tens razão, Dina! Gostava de ser tão calma como tu. Já te disse que emanas paz em tudo o que dizes e fazes?!

Se há coisa que eu não tenho sido, Carracinha, é serena. Mas nada como um dia atrás do outro...
Quanto ao desafio, lá irei, ok?!

Beijinhos a todos