quinta-feira, maio 10, 2007

FUGIR À ROTINA

Ontem à noite troquei o sofá pela cama de rede brasileira. Foi a primeira vez este ano! Calcei umas meias, vesti uma camisola por cima do pijama (a noite estava fresca lá fora!), peguei numas mantas e instalei-me. Foi assim que ouvi todo o concerto dos THE GIFT e do RUI VELOSO!
Isto é o que dá morar perto do queimódromo e este ano com vista privilegiada por causa do desmantelamento de mais uma velha fábrica. Com uns binóculos, até conseguiria ver o que se passava no palco... mas às vezes não ter os olhos ocupados é muito melhor! Viaja-se sem querer! E o limite é o infinito!
Só faltou mesmo a companhia... bem, o requeijão que a minha mãe fez regado com o doce de amora também feito por ela, estava delicioso!

Escusado será dizer que fui prá cama a lindas horas... e hoje não acordei com o despertador, foi com o telefone! Uma chamada de emergência (informática) que me fez perder quase duas horas de sono... Digamos que, hoje, o meu aspecto não é dos melhores!

6 comentários:

Teresa disse...

O aspecto é secundário... pelo menos parece ter valido a pena! :)

Carracinha linda! disse...

Parece ter sido uma boa noite!

Beijocas

eumesma disse...

Hummmm...estou a ver que mesmo só tendo o requeijão por companhia foi uma noite bem passada eheheh

O pior foi mesmo as horas indecentes a que te deitaste, depois admiras-tede teres pesadelos e dos ditos não acabarem hihii

Imagino, sim o teu aspecto hoje, deve ser como o meu que ontem estive a ver um filme até á 01. e tal da madrugada...

Bem, e já sabes que para o próximo concerto quiseres companhia para além do rqueijão e do doce (que tb agradeço ehehe) diz-me que apareço por aí...;-))

Bjs

Lu@r disse...

Sem como nem porquê todos os caminhos vão dar a lugar nenhum.

Bem meu doce estou a divagar...ou simplesmente...imagino essa noite...

:)

Beijo doce

CarpeDiemBeHappy disse...

Eu gostava era de comer esse requeijão com doce de amora!! A música era um complemento:)

Beijinhos

Lurdes disse...

Valeu, Teresa! Foi uma noite diferente!

Então não foi, Carracinha!!?!

Nestas noites, nem os pesadelos me assolam, Eumesma! Pró ano, já não há varanda virada pró recinto... mas o requeijão com doce arranja-se em qualquer altura!

Todos os caminhos que vão dar a lugar nenhum?!?! Isso não é lá no recinto da queima?!??! Melhor, vão todos dar a uma barraquinha!!!

Pode ser que na próxima caminhada alguém se lembre de levar, Carpe!

Beijinhos