terça-feira, julho 20, 2010

ASSIM NÃO VAMOS LÁ

Esta tarde num centro da Segurança Social:

Chego e tiro a senha respectiva: tesouraria (normalmente pouca gente há pra este serviço). Figura no quadro o número 57 e eu sou o 58 (vai ser rápido pensei eu). Passam 5 minutos, 10 minutos, 15 minutos, 20 minutos e nada. Planto-me à entrada da tesouraria e vejo a cena: 3 senhoras do lado de lá do balcão - duas delas no atendimento - numa conversa muito animada com dois utentes. Devo referir que um dos utentes já estava despachado mas como a conversa estava boa...
Decido então ficar a apreciar a cena à espera que alguém se 'toque'. Não sei se foi por uma das senhoras do lado de lá do balcão ter levantado os olhos, sei que a senhora utente que já estava despachada vira-se pra trás e dá de caras com uma Lurdes não muito divertida a observar a coisa. Nesse momento despede-se e a senhora que a tinha atendido, gentilmente chama o número seguinte. Olha, era eu! Quase que agradeci à senhora a bondade que teve em me atender. Sim, que isto de ter de interromper conversas animadas é muito chato.

O mais giro desta história toda é que a conversa era sobre o estado lastimável em que o nosso país se encontra. Culpa de quem, diziam eles?!?!? Dos que não querem trabalhar, dos que teimam em viver à custa de subsídios. 
Pois, desempregados há muitos, é bem verdade, mas provavelmente também deviam estar a falar dos que, empregados, teimam em não trabalhar. Digo eu!

PS- E só fui à tesouraria porque os senhores da SS, como gostam de simplificar tudinho, esqueceram-se de enviar referência multibanco para o pagamento.

5 comentários:

Sonia disse...

Infelizmente é a realidade do nosso país e dos nossos serviços públicos.

Dina disse...

Só para sublinhar a tua história...
dizem os senhores entendedores que Portugal é dos paises da Europa o que menos produz em horário de trabalho.

Bjs

Roadrunner disse...

Bem visto!
Tenho estórias hilariantes (ou não...) para contar sobre esses "menino(a)s" da SS

Saudações do Roadrunner!

Anónimo disse...

Até parece o centro médico do Miratejo!! cheguei lá para pedir informações, tirei a senha com o nº45, no quadro estava o nº44, e ali só estava eu e as senhoras do atendimento, fiquei ali a olhar e a ouvir a conversa delas durante 15 minutos, acabei por me vir embora sem ser atendida. Mas para a próxima faço um escândalo!!

Lurdes disse...

É o que eu digo! Assim não vamos lá!

Beijinhos