terça-feira, fevereiro 24, 2009

O ENTRUDO EM SAMBADE

Em Sambade também se festejou o Carnaval. Bem à maneira transmontana!
E a esta hora, já o entrudo deve estar preparado pra ser todo queimadinho na fogueira. Não sem antes se chorar muito por ele...











7 comentários:

laida disse...

E o entrudo não deixou testamento?Na minha terra dantes tambem queimavam o entrudo, mas antes lia-se o testamento e ele tinha sempre qualquer coisa para quase toda a gente da aldeia.
Agora acabaram com isso,
mas era giro.
Beijos

Dina C disse...

Sim, tbém me fez lembrar, uns 20 anos atraz, quando eu brincava muito no carnaval e depois ia ao enterro do entrudo, aquilo é que era uma choradeira...

Lurdes disse...

Claro que sim, Laida!!! Isso é do mais importante no dia! As deixas!!!! As meninas às vezes é que não gostam muito...

Olha Dina, o ano passado estive lá no enterro. Até eu chorei por ele, tadinho!

Beijinhos

erute disse...

Que alegria!

Anónimo disse...

Então queima-se o dito cujo? A que propósito?
E o novo look...fiquei na dúvida se era a LURDES ou a Srª Drª.
Bom fim de semana
Bjs.
Flor

Pluma(PrincesaVirtual) disse...

Prefiro mil vezes este carnaval (este sim gosto!)...que aquelas replicas imbecis do carnaval brasileiro!

Beijinhos Lurditas....

Lurdes disse...

Então não é, Erute?! Tradições que se deveriam manter sempre!!!!

Queima-se porque é o enterro dele, ó Flor!!!! E ele quer as cinzas espalhadas pela aldeia. E o povo faz-lhe a vontade! Todos os anos!!!!
E não é novo look... era dia de aproveitar pra descansar os olhinhos! ;)

Este é bem Sambadês, Princesa!
E eu gosto muito também!!!

Beijinhos