segunda-feira, dezembro 10, 2007

A RAZÃO DE TUDO

Acabei mesmo agora de perceber qual o meu problema.
Segundo Mário Quintana, sou deficiente.

12 comentários:

Bichodeconta disse...

E por acaso não somos todos nós deficientes? Não seremos até mais deficientes do que algumas pessoas que assim são apelidadas? Fica a pergunta.. E FICA UM BEIJINHO, ELL

Anónimo disse...

Olá, Miúda Gira
Sabes que não é assim, nem te deixes confortar com "verdades" que não o são. Nem tu és deficiente, nem eu miserável. Procuramos apenas um lugar no mundo que se ajuste aos nossos sonhos. Por vezes, conseguimos, outras tardamos, mas conforto encontramos sempre.
Este país como sabes já esteve preso. Um ser humano anónimo deixou um dia gravado nas paredes das celas de Caxias esta quadra:
"um homem só no segredo
sabe um segredo profundo
nunca está só nem tem medo
quem ama os Homens e o mundo"
Um beijo das montanhas para ti.
AS

Ana disse...

Olá!

Tive de restringir o acesso ao meu blog por vários motivos, no entanto estou a enviar convites a quem por lá costuma passar.
Como não tenho o teu mail, se quiseres continuar a ter acesso ao blog, avisa-me para ana.c.d.morgado@sapo.pt

Beijinhos

Pedro Link disse...

Olá!
Gostar de ti…
Podes não ser maravilhosa, mas tens que “gostar de ti”…
E pela vida fora nunca te importes muito com a opinião dos outros, tens que aprender a” gostar de ti”… E com isso, verás que os outros irão “gostar de ti”.
Beijos

WHITE ANGEL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flash disse...

Sabes uma coisa?
Cheguei à conclusão que o meu defeito ou qualidade é ser "miserável".
Deficiente acho que não sou.

Beijos

WHITE ANGEL disse...

Olá Lurdes :)
Concordo com o anónimo ali de cima... A vida (nós) não é assim tão linear quer queiramos ou não!
Se calhar nós idealizamos um mundo perfeito, mas a vida ensina-nos que a perfeição não existe, pelo menos da maneira como nós a sonhamos...
Quantas vezes temos tudo e não nos apercebemos disso, quantas vezes ajudamos alguém com um sorriso, uma palavra e não nos damos conta...
Também concordo com o Pedro, 1º passo para tudo: gostarmos de nós, assim sentimo-nos bem e irradiamos felicidade e sorrisos...
O objectivo do post não é chamar "deficiente" ou "miserável" a ninguém!!!! Parece-me que a intenção do Mário Quintana é chocar as pessoas, chamar a atenção das pessoas pequeninas deste mundo (onde muitas vezes me incluo)!!!! E isto não tem nada a ver com Deus!!!!
Beijinhos para ti que parece que há muito não andas bem, muita força e não te esqueças de "gostar de ti"...

[Não estou a defender o Mário Quintana, mas o meu post :) apeteceu-me]

ALEXIA disse...

Olha chega-te para lá...vou sentar-me ao teu lado

beijossssss

ROADRUNNER disse...

Não te preocupes, existem muitos.
Eu às vezes também sou deficiente, louco, cego, surdo, mudo, paralítico, diabético, anão e miserável.
Saudações!

Carracinha linda! disse...

...e não seremos todos um pouco "deficientes"?

Girafa cor de rosa disse...

Maravilhosa esta forma de ser "deficiente"! Eu também sou e assim muitos de nós somos...e ainda bem! Beijo.

Menina_marota disse...

Pois...não estás só nesse universo. Chego à conclusão de que também por vezes o sou, só que por vezes, não é tão linear assim mudar a Vida, que gostaríamos de mudar...

Um abraço carinhoso e Feliz Natal ;)